x
Buscar
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Google+
Conheça as 5 principais doenças que atingem os gatos

Para cuidar de gatos é preciso conhecer as 5 principais doenças que atingem os bichanos. Dessa forma, é possível prevenir e tratar o felino da forma mais adequada. Confira!

Quais as principais doenças que atingem os gatos

Apesar de ser um animal resistente, o gato pode sofrer com algumas doenças que são consideradas graves. Como o bichano não demonstra que está doente é importante ficar atento com alguns sinais.

1. Insuficiência renal crônica

Na insuficiência renal crônica, os rins naturais do bichano são alterados pelo aparecimento de inflamações e cistos nesta região. A doença é considerada genética e sempre se manifesta de forma lenta e, geralmente, silenciosa.

Principais riscos

Os principais riscos da insuficiência renal crônica são os cálculos renais e as infecções urinárias. Além disso, a doença não tem cura, sendo apenas possível amenizar os sintomas.

Como prevenir

Para prevenir o aparecimento da insuficiência renal crônica, o gato precisa se alimentar bem e evitar ingerir alguns nutrientes como o fósforo que faz progredir os sintomas da doença.

Quais os tratamentos

  • Seguir uma dieta prescrita pelo veterinário;

  • O gato precisa ter acesso à água fresca;

  • Ingestão de medicação indicada pelo veterinário nos casos mais graves.

2. Rinotraqueíte viral

A rinotraqueíte viral é mais conhecida como a gripe de gato e afeta diretamente o sistema respiratório do bichano. A doença é transmitida pelo herpes vírus e pode levar o felino ao óbito.

Principais riscos

A doença se manifesta por meio de coriza nasal e ocular, além de febre e depressão. Se o tratamento não for seguido à risca, os sintomas podem ser fatais para o bichano.

Como prevenir

O mais recomendado é vacinar o felino contra o herpesvírus tipo 1 e evitar o contato com outros gatos desconhecidos.

Quais os tratamentos

  • Devem-se tratar os sintomas da doença;

  • O gato precisa ser bem alimentado e hidratado com bastante água para ajudar o organismo do bichano a combater a doença;

  • Ingestão de medicamentos, caso seja necessário.

3. Peritonite infecciosa felina

Um vírus é o grande causador da peritonite infecciosa felina que afeta diversos órgãos do bichano. Como a doença não tem cura, o gato pode chegar a morrer em um curto espaço de tempo.

Principais riscos

Sintomas como perda de apetite, diarreia, febre, anemia e emagrecimento são os principais riscos da doença que pode levar a morte do bichano.

Como prevenir

Evite o contato do seu gato com outros felinos estranhos ou que sejam de rua e trabalhe com enriquecimento ambiental para aliviar o estresse do bichano.

Quais os tratamentos

  • O veterinário pode recomendar uma dieta com nutrientes ricos em vitaminas e minerais;

  • Ingestão de medicamento quando necessário;

  • Ingestão de esteroides anabolizantes para aumentar o apetite do bichano.

4. Doença do trato urinário inferior dos felinos

As causas mais comuns da doença do trato urinário inferior dos felinos são as infecções bacterianas, pedras na urina e, algumas vezes, o sedentarismo do bichano e a predisposição genética.

Principais riscos

Os principais riscos que o gato corre a partir da doença é a dificuldade de urinar que pode causar sangue e aumento de volume da urina, além de fazer com que o bichano urine em locais atípicos.

Como prevenir

Para prevenir a doença no trato urinário, ofereça ao seu bichano a ração seca e complemente a alimentação com a ração úmida, além da ingestão de bastante líquido.

Quais os tratamentos

  • Ingestão de medicamentos como os antibióticos;

  • Oferecer rações especiais para o gato que auxiliam no tratamento da doença;

  • Intervenção cirúrgica, caso seja necessário.

5. Vírus da imunodeficiência felina

Mais conhecido como “HIV dos gatos”, o vírus da imunodeficiência felina atinge o sistema imunológico do bichano. A doença é transmitida por meio de contato sanguíneo, seja em uma transfusão de sangue ou em lutas entre os felinos.

Principais riscos

Como a doença não tem cura, se o bichano não receber o tratamento correto, pode sofrer com o aparecimento de infecções e até morrer.

Como prevenir

Existem algumas vacinas que ajudam o gato a se prevenir contra a doença. Além disso, é importante manter o bichano seguro dentro de casa para evitar o contato com outros felinos que manifestam a doença.

Quais os tratamentos

  • Ingestão de medicação no caso de infecções;

  • Dieta rica em nutrientes;

  • Aplicação de medicamentos para reforçar o sistema imunológico.

Cuidar de gatos não é algo tão simples, principalmente, com o número de doenças que atingem os felinos e que podem levar à morte. Por isso, é importante conhecê-las para prevenir que seu bichano adoeça.

Seu canal preferido de descontos também é um plugin!

- Instale o MeuCupom Alerta pela Chrome Store.

- Clique no ícone MeuCupom enquanto está em algum dos nossos sites parceiros e você verá todos os descontos disponíveis na loja.

- Gostou de algum desconto? Basta clicar na oferta ou copiar o código que será apresentado em tempo real, colar no seu carrinho de compras e o desconto já é seu!