x
Buscar
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Google+
Saia das dívidas sem afetar o seu estilo de vida

As dívidas são um dos nossos grandes vilões financeiros. Hoje em dia a maioria da população possui alguma dívida, seja ela pequena ou grande. Mas quando falamos desse assunto logo pensamos: como sair das dívidas sem afetar o estilo de vida?

Pois é, o estilo de vida é uma coisa que a gente nem gosta de pensar em fazer alterações, estamos sempre querendo melhorar e não aceitamos menos que isso. Mas e quando o nome está sujo na praça e o saldo no banco está quase no vermelho? Você acreditando ou não, é possível solucionar esse problema e reverter a situação.

Você sabe o valor das suas dívidas?

Muitas pessoas quando estou endividadas as colocam no “banco do esquecimento” e simplesmente seguem a vida, sem querer saber se o saldo aumentou e quanto está atualmente. Esse é o pior erro que alguém pode cometer!

Imagine atrasar uma conta por vários meses e o valor duplicando, triplicando por conta de multa e juros. Agora pense naquela sua conta que você nem sabe qual o valor atual dela e você deixou atrasar há vários meses atrás. Pensou? Dá até uma dorzinha de cabeça, né?! Mas não se preocupe, que para isso tem solução.

A melhor forma de começar a virar esse jogo é anotando todas as suas dívidas e respectivos saldos. Assim você terá tudo ali mais fácil para conseguir dar os próximos passos. É claro que você também possui contas menores que você costuma pagar mensalmente, então anote todas também.

Se você possui uma renda fixa mensal, destaque ela no topo da sua lista (ou monte uma planilha), pois é assim que você terá um controle do que tem de orçamento para cumprir com suas responsabilidades e claro, para se divertir ou comprar que você quer muito.

Gaste apenas o que você pode

Um dos maiores erros é gastar além do que se ganha e isso pode acabar gerando uma grande bola de neve difícil de se parar. É claro que isso é um grande clichê, mas que poucas pessoas costumam seguir.

Então um ótimo jeito de evitar esse tipo de problema é ver o quanto você possui mensalmente, analisar o que você precisa pagar mensalmente e equilibrar o saldo que resta para você passar aquele mês. Gastar todo esse saldo durante o período estipulado também é um jeito muito ruim de economia, então opte por comprar apenas aquilo que você precisa muito e claro, guardar um dinheirinho mensalmente.

Não precisa guardar uma grande quantia, mas pense: se você guardar mensalmente R$ 50 reais, no fim do ano você terá um bom dinheiro.

Tire as dívidas do “banco do esquecimento”

Felizmente hoje em dia você pode renegociar suas dívidas, ou seja, você tem diversas maneiras para pagar seu saldo devedor, sem precisar pagar o valor total de uma vez. Mas não adianta nada querer renegociar todas elas de uma vez, se você não possuir um boa renda fixa mensalmente e tem outras responsabilidades financeiras muito importantes, é bem complicado de bancar as contas atrasadas.

Atualmente os bancos conseguem oferecer uma forma bem tranquila para você efetuar o pagamento do saldo devedor, então você pode eleger uma e dar o pontapé inicial. As formas de parcelamento são estipuladas pelo banco de acordo com a sua dívida, mas de uma forma bem geral, você consegue parcelar em até em 12 vezes.

Mas mesmo com essa forma razoável para quitar uma dívida, é importante que você avalie se realmente pode cumprir com o acordo do banco. Segundo os especialistas, apenas 70% da sua renda podem ser comprometidos, e quando o valor ultrapassa isso, ou seja, quando compromete muito da sua renda, a chance de você voltar a ficar com o nome sujo na praça são bem grandes.

É hora de se educar financeiramente

Um bom jeito de como sair das dívidas é se educar financeiramente! Evitar usar cartão de crédito para coisas não-urgentes, evitar gastos com besteiras no dia a dia e claro, avaliar o seu estilo de vida.

Como foi dito anteriormente, é importante ter em mente o quanto você tem mensalmente para usar e evitar gastar além do seu limite. Se você costumava ter um estilo de vida que acaba te deixando no negativo antes mesmo do mês acabar, é o momento de revê-lo.

Esse é um problema ainda maior se você tiver dívidas grandes, porque no fim das contas você não conseguirá conciliar os dois e no fim terá que abdicar de um dos dois, e claro que o seu estilo de vida será comprometido quase que 100%, por isso, antes de deixar que essa bola de neve afete tudo, tenha um estilo de vida mais pé no chão.

Essas são apenas algumas das dicas de como sair das dívidas! É claro que existem muitas outras coisas que você pode aplicar ao seu dia a dia, mas isso só será possível se você conhecer mais afundo sua situação financeira. Então tire um tempinho a mais para se conhecer melhor e finalmente começar a realizar seus sonhos.

Seu canal preferido de descontos também é um plugin!

- Instale o MeuCupom Alerta pela Chrome Store.

- Clique no ícone MeuCupom enquanto está em algum dos nossos sites parceiros e você verá todos os descontos disponíveis na loja.

- Gostou de algum desconto? Basta clicar na oferta ou copiar o código que será apresentado em tempo real, colar no seu carrinho de compras e o desconto já é seu!